sexta-feira, 28 de novembro de 2014

INTERIORIZAR PARA COMPARTILHAR

Jerffeson Teixeira de Souza (*)
"Servindo como grande fórum de divulgação dos trabalhos e das pesquisas desenvolvidas por estudantes e professores da Uece" .
O maior evento acadêmico-científico da Universidade Estadual do Ceará chega, em 2014, a sua XIX edição. Nesse ano, a Semana Universitária da Uece acontecerá entre os dias 25 e 28 de novembro e terá como tema “Interiorizar para compartilhar: a universidade e o desenvolvimento regional”. Escolhido em enquete pública, tendo recebido mais de 2.000 votos, o tema aborda o potencial da universidade na formação do capital humano necessário ao desenvolvimento regional e local.
Como nos anos anteriores, a semana congregará um conjunto de eventos, incluindo o XXIII Encontro de Iniciação Científica, o XX Encontro de Pesquisadores, o XVIII Encontro do Programa de Monitoria Acadêmica da Uece (Promac), o V Encontro do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência (Pibid), o XVI Encontro do Programa de Educação Tutorial (PET/MEC), o II Encontro do Programa de Educação pelo Trabalho para a Saúde (PET/Saúde), o IV Encontro de Bolsistas do Programa de Bolsas de Estudo e Permanência Universitária, a VII Mostra de Extensão da Uece, a I Jornada da Informação e do Conhecimento da Uece, a II Mostra de Arte e Cultura da Uece, a XXI Semana da Música e a II Edição da Feira das Profissões da Uece.
Em Fortaleza, além desses eventos, serão ofertados 80 minicursos que irão beneficiar mais de 2.000 pessoas, 248 sessões técnicas onde serão apresentados cerca de 3.000 trabalhos científicos, 20 oficinas, além de diversas palestras e mesas-redondas. Ao todo, espera-se a participação de mais de 7.000 pessoas durante a semana.
Além dos diversos eventos que acontecerão nas dependências do Campus do Itaperi, em Fortaleza, a XIX edição da Semana Universitária inova, ao ofertar um conjunto de atividades acadêmicas, artísticas e culturais na unidade da Uece na cidade de Quixadá. Dessa forma, no mesmo período, a Faculdade de Educação, Ciências e Letras do Sertão Central (Feclesc) irá disponibilizar 40 minicursos, 8 oficinas, entre muitas outras atividades, incluindo uma feira das profissões local, onde serão apresentados os cursos dessa unidade.
Assim, a Semana Universitária de Uece continuará servindo como grande fórum de divulgação dos trabalhos e das pesquisas desenvolvidas por estudantes e professores da Uece e de outras IES do nosso estado, além de levar à sociedade um rol de oportunidades de formação e de serviços, integrando de forma intensa toda a comunidade institucional.
Por tudo isso, convidamos toda a comunidade ueceana e cearense para celebrarmos juntos mais uma edição da grande festa acadêmica da Universidade Estadual do Ceará.
 (*) Coordenador Geral da XIX Semana Universitária da Uece.
Publicado In: O Povo, Opinião, de 22/11/14. p.9.
 

quinta-feira, 27 de novembro de 2014

CONVITE: VII Lançamento Coletivo da Editora da UECE


A Reitoria da Universidade Estadual do Ceará, ao ensejo da XIX Semana Universitária, convida para o VII Lançamento Coletivo da EdUece.
Entre as obras a lançar, consta uma publicação de nossa autoria, no caso a obra “Palavras em Lançamentos de Livros”. Com esse último título, o autor (M.G.C.S.) alcança a marca de 80 (oitenta) livros publicados, sendo o primeiro em formato de e-book.
Data: 27 de novembro de 2014 (quinta-feira), às 15h30min.
Local: Praça das Artes– Editora da Uece (Campus do Itaperi).
Marcelo Gurgel Carlos da Silva

Homenagens Póstumas aos Médicos do ICC

Na tarde de anteontem, 25 de novembro de 2014, durante as comemorações dos 70 anos de fundação do Instituto do Câncer do Ceará, realizadas no Hospital Haroldo Juaçaba, do Instituto do Câncer do Ceará, em Fortaleza, foram prestadas Homenagens Póstumas aos Drs. Sâmia Teixeira de Sales e Antônio Ellery Arcoverde Diniz, Médicos do ICC, recentemente falecidos, comportando-nos, igualmente, fazer as devidas apreciações, em nome do ICC.
Marcelo Gurgel Carlos da Silva
Coordenador do CEP/ICC

quarta-feira, 26 de novembro de 2014

Lançamentos de Livros de Elsie Studart sobre o ICC

Na manhã de ontem, 25 de novembro de 2014, durante as comemorações dos 70 anos de fundação do Instituto do Câncer do Ceará, realizadas na inauguração do novo prédio da Casa Vida, do Instituto do Câncer do Ceará, deu-se o lançamento dos livros póstumos “Pedaços do Cotidiano no Instituto do Câncer do Ceará” e “Rede Feminina do Instituto do Câncer do Ceará: o poder do rosa na ação voluntária”, de Elsie Studart Gurgel de Oliveira, organizados por nós, cabendo-nos, igualmente, fazer as devidas apresentações.
Marcelo Gurgel Carlos da Silva
Coordenador do CEP/ICC

MISSÕES DA UNIVERSIDADE


José Jackson Coelho Sampaio (*)

"A sala de aula também não se reduz às práticas presenciais expositivas"
A lei brasileira concebe educação superior como responsabilidade de faculdades isoladas, faculdades integradas, centros universitários e universidades, em grau de atributos que incluem diversidade de campos de atuação, complexidade de missões e autonomia. As maiores diversidade, complexidade e autonomia definem universidade.
A complexidade de missões se expressa pela unidade ensino/pesquisa/extensão. A autonomia encarna a responsabilidade institucional pela decisão interna sobre os critérios de distribuição de atividades e de desempenho dos professores. A liberdade acadêmica autoriza um professor a apenas praticar ensino, pesquisa ou extensão, mas a autonomia leva à regra de que nenhum se exima da graduação, base do processo.
A universidade não é redutível ao ensino: há pesquisa, extensão social, inovação tecnológica e gestão acadêmica, prerrogativas docentes consolidadas. O ensino não é redutível à graduação: pois a pós-graduação fundamenta a carreira acadêmica. E qualquer ensino não pode se reduzir à sala de aula: há orientação de trabalhos finais e supervisão de estágios curriculares, pré-requisitos para o aluno concluir curso, além da previsão de tempo para planejar atividades, preparar e corrigir provas, programar e atualizar disciplinas. A sala de aula também não se reduz às práticas presenciais expositivas.
A Uece tem 36 cursos de pós-graduação e 77 de graduação, distribuídos em 11 campi, com 806 docentes efetivos. Nossa norma determina 16 a 20h/s de ensino para professor contratado por 40h/s. O máximo é para os que optam por atuação exclusiva na graduação e assim dispõem da diferença para extensão, pesquisa e gestão. Os docentes-pesquisadores que atuam na graduação e na pós podem qualificar seu desempenho e transitar por extensão, inovação e publicação, tarefas que pontuam para a imagem institucional e permitem captar recursos financeiros nacionais e internacionais.
Proposta de distribuição de carga horária que estabeleça o indicador de 52% para sala de aula não pode prosperar. Este indicador fere liberdade acadêmica, autonomia institucional e complexidade da missão universitária, reduz educação superior a ensino de graduação e este a sala de aula, desconstruindo a universidade.
Neste momento realiza-se a 19ª Semana Universitária da Uece, com vigorosa mobilização da comunidade em torno de conferências, minicursos, seminários, festivais de arte-cultura, lançamento de livros e apresentação de trabalhos científicos.
Assim, celebra-se o final de um 2014 pródigo de desafios e a chegada de 2015, quando entregaremos o diploma de graduação n° 60 mil, faremos 20 anos de semanas universitárias e 40 anos de criação da Uece, patrimônio intelectual do povo cearense.
(*) Professor titular em saúde pública e reitor da Uece.
Publicado In: O Povo, Opinião, de 22/11/14. p.9.

terça-feira, 25 de novembro de 2014

OS 70 ANOS DO INSTITUTO DO CÂNCER DO CEARÁ


O Instituto do Câncer do Ceará (ICC) foi fundado em Fortaleza, em 25 de novembro de 1944, com o propósito fundamental de prestar assistência aos doentes de câncer, notadamente os desvalidos, mantidos à margem de qualquer assistência médica, e promover a Cancerologia no Ceará.
À frente dessa iniciativa estava um grupo de médicos: Antônio de Queiroz Jucá, Haroldo Gondim Juaçaba, João Batista Saraiva Leão, José Waldemar Alcântara Silva, Jurandir Marães Picanço, Livino Virgínio Pinheiro, Luiz Gonzaga da Silveira, Newton Teófilo Gonçalves, Walter de Moura Cantídio, e Walter Frota de Magalhães Porto, aos quais se juntara o Padre Arquimedes Bruno.
Eles decidiram por sua criação, na qualidade de entidade beneficente, cujo reconhecimento, como de utilidade pública federal, veio a acontecer em 20/12/1973, com a publicação, no D.O.U., do Decreto Federal de nº 73.343, completando as benemerências, de âmbito estadual e municipal, anteriormente conferidas.
À época de sua fundação, foi eleito para a Presidência do ICC, o Dr. Waldemar Alcântara, cargo que exerceu até sua morte, em 1990, ensejando a sua substituição pelo Dr. Haroldo Juaçaba, mantido nesse cargo até junho de 2009, quando do encerramento de sua jornada terrena.
Hoje, a entidade é presidida pelo Dr. Lúcio Alcântara, médico e intelectual, que, escudado na sua experiência de gestor público, prossegue o trabalho dos seus antecessores, preservando os ideais de filantropia que nortearam a criação do ICC, há sete décadas.
Entre marchas e contra-marchas, o sonho de seus idealizadores, de dotar o Ceará de um hospital especializado em Cancerologia, somente foi concretizado em novembro de 1999, quando o ICC inaugurou o Hospital do Câncer, atualmente denominado Hospital Haroldo Juaçaba, construído exclusivamente com recursos próprios, tornando-se, ao cabo de poucos anos de funcionamento, uma instituição de referência em Oncologia do Norte e do Nordeste.
Para celebrar os seus 70 anos de existência, o ICC traçou uma ampla programação, concentrada principalmente no dia 25/11/2014, tendo por acme a inauguração da nova Casa Vida, ponto de apoio para pacientes procedentes do interior cearense e de outros estados, que terá a sua capacidade de acolhimento mais que quadruplicada, e a apresentação do projeto do novo anexo do hospital, destinado a alargar a oferta de serviços aos usuários do SUS, suprindo, em grande parte, a demanda reprimida hodierna.
Parabéns ICC. Os seus fundadores estariam hoje jubilosos, se vivos fossem.
Dr. Marcelo Gurgel Carlos da Silva
Colaborador do ICC desde junho de 1974

segunda-feira, 24 de novembro de 2014

CONVITE: Comemoração dos 70 anos do Instituto do Câncer do Ceará


O Instituto do Câncer do Ceará - ICC convida para a comemoração dos seus 70 anos de fundação.
Local: Casa Vida – Rua Delmiro de Farias, nº 1.610, próximo ao ICC.
Data: 25 de novembro de 2014 (terça-feira) Horário: 8h.

Marcando a programação dessa manhã, haverá:
1) Benção de Inauguração da nova Casa Vida
2) Homenagens dos 70 anos – ICC e da Casa Vida
3) Assembleia dos Sócios do ICC
4) Lançamento dos livros "Memórias da Rede Feminina do ICC" e “Pedaços do Cotidiano do ICC”, de Elsie Studart, organizados pelo Prof. Dr. Marcelo Gurgel.

Na parte da tarde, haverá: Missa em Ação de Graças, no Hall do 1º andar do Hospital Haroldo Juaçaba / Instituto do Câncer do Ceará, às 15h.
 

Free Blog Counter
Poker Blog