domingo, 23 de novembro de 2014

Famoso pelo humor zangado, morre Seu Lunga


Joaquim dos Santos Rodrigues, o Seu Lunga, (Foto: Iana Soares)
Por Lusiana Freire
Morreu na manhã desse sábado, aos 87 anos, o comerciante Joaquim dos Santos Rodrigues, o Seu Lunga, em Barbalha, na região do Cariri. Seu Lunga estava internado havia três dias no Hospital e Maternidade São Vicente de Paulo. Famoso por seu temperamento agreste e tiradas bem-humoradas, o cearense de Caririaçu se tornou um dos principais personagens da cultura popular nordestina.
A previsão é que o corpo de Lunga seja velado na Capela do Socorro, em Juazeiro do Norte. O sepultamento deve ser feito no Cemitério do Socorro, mas os horários não estavam confirmados até o fechamento desta edição.
Primo em segundo grau do comerciante, Demontier Tenório disse que Seu Lunga tinha passado por complicações no sistema digestivo. De acordo com ele, o parente foi submetido a uma cirurgia no esôfago cerca de seis meses atrás, mas reagiu bem.
“Há uma informação não confirmada de que ele teria apresentado câncer. Não se sabe se isso seria verdadeiro”, fala Demontier. Na última sexta-feira, Seu Lunga piorou e faleceu às 9h30min de sábado.
Filosofia do traste
Seu Lunga era poeta, vendedor de quinquilharias e repentista em Juazeiro do Norte.
Ganhou notoriedade pelo seu humor forte, quase ácido, tornando-se personagem do folclore.
O apelido originou-se com uma vizinha, que o chamava de Calunga por causa da loja que mantinha. Aos poucos, foi virando Lunga.
A fama de espírito irritadiço alastrou-se sertão adentro.
Professor aposentado da Universidade Federal do Ceará (UFC), Renato Casimiro é amigo da família de Seu Lunga e há anos pesquisa e coleciona “causos” sobre o poeta cearense. Casimiro diz ter recebido com muita tristeza a morte do companheiro.
Humor
Figura controversa, Seu Lunga inspirou inúmeros folhetos da literatura de cordel. O cearense negava a fama de zangado e bruto. Para Casimiro, algumas anedotas atribuídas a Seu Lunga não são verídicas. “Nem tudo que se falava a respeito dele era verdade. Criou-se uma ficção a respeito do Lunga. Ele tinha um humor refinado. Era grosseirão, mas às vezes se manifestava de forma sutil. Sabia fazer ótimos discursos”, lembra o amigo.
“Tem muita coisa inventada (sobre o Lunga). Ele admitia que não aceitava pergunta besta. Ninguém poderia chegar lá (na bodega) e perguntar se alguma coisa era para vender”, exemplifica Demontier.
Luto oficial
A Prefeitura Municipal de Juazeiro do Norte vai decretar luto oficial de três dias em virtude da morte de Seu Lunga. Segundo o procurador-geral do município, João Victor Alencar Grangeiro, o decreto será publicado no Diário Oficial de Juazeiro de segunda-feira, 24.
Seu Lunga deixa esposa, com quem teve 13 filhos.
(colaboraram Amaury Alencar, Thaís Brito e Isabel Costa).
Fonte: O POVO, de 23/11/2014. p.20.
Nota do Editor do Blog: O Seu Lunga era muito próximo do meu irmão Sérgio Gurgel, advogado em Juazeiro do Norte, que o tinha entre os seus constituintes.

Seu Lunga, o homem mais mal-humorado do mundo, morre aos 87 anos

Seu Lunga era conhecido por respostas para lá de ‘ignorantes’, mas engraçadas.
(Foto: Gustavo Pimentel/Flickr Creative Commons).
Por Roberta Tavares
Ele estava internado no hospital São Vicente; pai de 13 filhos e natural de Juazeiro do Norte, era considerado uma lenda.
Joaquim dos Santos Rodrigues, mais conhecido como Seu Lunga, morreu aos 87 anos, em decorrência de um câncer no esôfago. A morte foi registrada na manhã deste sábado (22), às 9h30. Ele estava internado no hospital São Vicente, em Barbalha. Pai de 13 filhos e natural de Juazeiro do Norte, era considerado uma lenda, tendo inspirado personagem de novela e até se arriscado na poesia.
Dono de uma loja de sucatas, onde era possível encontrar desde pregos a aparelhos eletrônicos e frutas, o que realmente atraía turistas e moradores da região era o temperamento do vendedor. E se fosse comprar algo, nem ousasse questionar “isso é para vender?”, que Seu Lunga já tinha uma patada na ponta da língua. “O único lugar onde se encontra coisa exposta que não é pra vender é no museu”. Caso a indagação fosse, “mas esse aparelho está funcionando?”, era bom se preparar que viria chumbo grosso. “Como é que pode estar funcionando, se não está ligado?”.

Saiba Mais

As respostas duras deram fama de ignorante ao comerciante. Conhecido pela falta de paciência e resposta na ponta da língua, diziam que ele era um sério candidato a homem mais mal-humorado do mundo, pelo Guiness Book. Algumas histórias são verídicas, outras talvez sejam apenas piadas ou lendas que faziam alusão à sua grosseria, que vai deixar saudade.
Biografia
Joaquim dos Santos Rodrigues nasceu em 18 de agosto de 1927, no município de Caririaçu. Recebeu um apelido por uma senhora, que era vizinha, e passou a chamá-lo de Calunga, que se reduziu para Lunga. Com 16 anos foi morar no município de e Juazeiro do Norte. Casou em 1951 com Carmelita Rodrigues Camilo, com quem teve 13 filhos.
Fonte: UOL Notícias, Tribuna do Ceará, de 22/11/2014.
Nota do Editor do Blog: Em uma das minhas visitas a Juazeiro do Norte, há cerca de dez anos, acompanhado do meu irmão Sérgio Gurgel, estive na loja do Seu Lunga e fui muito bem tratado por ele.

sábado, 22 de novembro de 2014

SUPER-HERÓIS RENASCENTISTAS I




 

Fonte: Fotomontagem circulando por e-mail (internet). Autoria ignorada.

Exame de Qualificação em Saúde Coletiva (UECE) de Líllian de Queiroz Costa


Líllian de Queiroz Costa e Marcelo Gurgel Carlos da Silva.
(Foto cedida por Líllian de Queiroz).
Aconteceu na manhã de ontem (21/11/14), na Universidade Estadual do Ceará, o Exame de Qualificação de Mestrado do Programa de Pós-Graduação em Saúde Coletiva (PPSAC) da UECE.

Flagrante da banca com a mestranda, logo após o Exame de Qualificação da enfermeira Líllian de Queiroz Costa. Líllian está ladeada pelos professores Marcelo Gurgel Carlos da Silva e Thereza Maria Magalhães Moreira, à esquerda, e por Kelly Leite Maia de Messias, à direita.
(Foto cedida por Líllian de Queiroz).
A banca examinadora, composta pelos Profs. Drs. Marcelo Gurgel Carlos da Silva, Kelly Leite Maia de Messias e Thereza Maria Magalhães Moreira, aprovou o Projeto de Dissertação “INTERNAÇÕES POR CONDIÇÕES SENSÍVEIS À ATENÇÃO PRIMÁRIA EM MENORES DE CINCO ANOS E A EXPANSÃO DA ESTRATÉGIA SAÚDE DA FAMÍLIA: um estudo ecológico no Ceará”, apresentada pelo mestranda e nosso orientada LÍLLIAN DE QUEIROZ COSTA.

Marcelo Gurgel Carlos da Silva
Professor do PPSAC-UECE

 

sexta-feira, 21 de novembro de 2014

CONVITE: Celebração Eucarística da SMSL - Novembro/2014


A DIRETORIA DA SOCIEDADE MÉDICA SÃO LUCAS (SMSL) CONVIDA todos para participarem da Celebração Eucarística do mês de NOVEMBRO/2014, que será realizada AMANHÃ (22/11/2014), às 18h30min, na Igreja de N. S. das GRAÇAS, do Hospital Geral do Exército, situado na Av. Des. Moreira, 1.500 – Aldeota, Fortaleza-CE.
CONTAMOS COM A PRESENÇA DE TODOS!
MUITO OBRIGADO!

quinta-feira, 20 de novembro de 2014

NOVEMBRO AZUL

Lúcio Flavio Gonzaga Silva (*)
Sou instado a responder a pergunta: por que um novembro azul? Porque um mês dedicado ao câncer de próstata? A resposta é simples: O câncer de próstata (novembro azul) e o câncer de mama (outubro rosa) são as duas neoplasias malignas mais prevalentes na raça humana, obviamente depois da de pele (não melanoma que é, de longe, a mais comum).
Para se ter uma ideia em números, o Ceará tem uma taxa de incidência estimada para 2014, de 53,69 casos de câncer de próstata para 100.000 homens. Ou seja, para uma população aproximada de 8.800.000 habitantes / 4.300.000 homens (dados de 2013), há em nosso Estado 2.308 homens com essa neoplasia maligna. Para Fortaleza (2.500.000 habitantes / 1.200.000 homens) a estimativa é de 52,25 / 100.000 homens, o que representa no concreto 627 homens afetados.
A taxa estimada do câncer de próstata (2014) de 53,69 casos para 100.000 homens é superior a do câncer de mama 44,68 / 100.000 mulheres, do estômago 17,23 / 100.000 homens e do pulmão 11,63 / 100.000 homens. Uma outra razão para o novembro azul: o diagnóstico precoce e o avanço dos modernos métodos terapêuticos têm diminuído a mortalidade do câncer de próstata. Hoje, apenas 1/3 dos pacientes diagnosticados falecem da moléstia.
O diagnóstico precoce é feito por meio de rastreamento sistemático. A Sociedade Brasileira de Urologia recomenda o exame retal digital e a dosagem sérica de PSA, anualmente, a partir dos 50 anos para todos os homens e a partir de 45 anos para aqueles com histórico familiar positivo (pai, irmão, tios portadores da doença). Ademais, recomendações para um sadio estilo de vida: alimentação adequada, exercícios físicos e distância de estresses. Minha opinião pessoal: tenha um médico de confiança, com o qual possa discutir aberta e livremente os métodos de prevenção das doenças, mensurar suas vantagens e desvantagens, e sobretudo, conhecer o modo e o momento oportuno de fazê-los.
(*) Urologista do Hospital Haroldo Juaçaba e professor da UFC.
Fonte: O Povo, de 20/11/2014. Opinião, p.8.

quarta-feira, 19 de novembro de 2014

O médico que salvou 50 milhões de vidas com receita caseira


Norbert Hirschhorn teve papel-chave na definição das medidas certas do soro caseiro, considerado "o avanço médico mais importante" do século 20.
Por Lin Lin Ginzberg
Da BBC Health Check
A fórmula, hoje, é mundialmente conhecida: uma solução simples de açúcar, sal e água. Uma mistura que pode ter salvado até 50 milhões de pessoas.
Encontrar um equilíbrio entre esses elementos foi o feito essencial dela, e o médico Norbert Hirschhorn teve um papel-chave na descoberta das medidas certas na preparação do soro caseiro.
Um caso emblemático: depois de dois dias sofrendo diarreia, um bebê egípcio de três meses não tinha forças nem para levantar a cabeça e mamar no peito da mãe.
Médicos temiam pelo pior: a diarreia grave é uma das principais causas de morte em países em desenvolvimento.
Com um tratamento simples, pouco mais de quatro horas depois ele estava bem o suficiente para retomar a amamentação - tudo graças a uma solução barata de açúcar e sal.
Hirschhorn descreve a transformação causada pela terapia de reidratação oral como incrível.
"Você entra em uma sala e a criança ou o adulto está perto da morte. Eles têm olhos fundos, respiram acelerado, a pele e as unhas estão azuladas", conta.
Ver alguém se recuperar é "como ver Lázaro voltar dos mortos - um milagre", diz ele.
Medida certa
Hirschhorn se envolveu em pesquisas sobre terapia de reidratação oral em 1964.
Ele prestava serviço militar nos Estados Unidos no serviço público de saúde e foi enviado para o que é hoje Bangladesh, que padecia de uma grave epidemia de cólera.
A cólera causa diarreia grave e pacientes rapidamente perdem muita água e sais. Os infectados ficam extremamente desidratados e podem entrar em choque e morrer em poucas horas.
Na região, até 40% dos moradores que não tratavam cólera estavam morrendo.
À época, o tratamento de reidratação era administrado por via intravenosa no hospital. Era caro, e muitas vezes, inalcançável para os que mais precisavam dele.
O objetivo era encontrar uma maneira de dar o tratamento por via oral e assim ajudar muito mais gente.
Outros haviam tentado no passado encontrar o equilíbrio certo de açúcar, sais e água para um tratamento oral. Hirschhorn trabalhava com o capitão Robert Phillips, que havia tentado ele próprio, sem sucesso, sua própria mistura anos antes. Vários pacientes morreram durante os testes.
Phillips estava muito receoso em deixar Hirschhorn realizar sua própria pesquisa.
"Ele já havia tentado a solução quando estava na Marinha em Taiwan e nas Filipinas, mas não acertou na medida, que era muito concentrada, e piorou as coisas", disse Hirschhorn.
O trabalho de Hirschhorn se baseou nos estudos de Phillips e de outro colega, David Sachar. Sachar havia mostrado que o corpo poderia transportar sódio assim que glicose fosse adicionada - algo fundamental no combate à desidratação.
Mas a medida correta era fundamental: a quantidade maior ou menor de qualquer um dos ingredientes poderia fazer com que a solução não apenas não funcionasse, mas causasse danos mais graves.
"As proporções são cruciais. Para obter a absorção ideal de água, você precisa da mesma quantidade de glicose e sódio", disse Hirschhorn.
Foi um estudo pequeno, de apenas oito pacientes, no qual a terapia de reidratação foi aplicada usando uma sonda nasogástrica, que provou que a combinação funcionava.
No hospital e em casa
Hirschhorn disse que havia descrença de que uma mistura tão simples pudesse ser tão eficaz. "Sua simplicidade era sua própria inimiga. Levou muito tempo, muito tempo para convencer os pediatras de que fosse segura."
A publicação científica Lancet descreveu a terapia de reidratação oral como "potencialmente o avanço médico mais importante" do século 20.
O Unicef, fundo da ONU para infância, disse que nenhuma outra inovação médica do século "teve o potencial de evitar tantas mortes em um curto período de tempo e custo tão pequeno".
Agora, a eficácia é mundialmente conhecida e usada por médicos em clínicas e em casas por pais.
A Organização Mundial da Saúde (OMS) adverte que a diarreia é a segunda principal causa de morte de crianças menores de cinco anos, responsável pela morte de cerca de 760 mil crianças por ano.
E qual é a sensação de saber que seus esforços ajudaram a salvar mais de 50 milhões de pessoas?
Hirschhorn conta a história de uma viagem ao Egito, muitos anos depois de seu trabalho clínico.
Durante uma conversa com um taxista, descobriu que o filho dele havia sido salvo por reidratação oral quando criança. O garoto cresceu para virar um jovem estudante, realizando seus próprios estudos científicos nos EUA.
"Essa troca", diz Hirschhorn, ainda visivelmente emocionado, "teve um impacto grande em mim, tanto quanto todas as estatísticas juntas".
Fonte: UOL, Notícias, em 4/08/2014 / BBC Brasil.
 

Free Blog Counter
Poker Blog