segunda-feira, 29 de maio de 2017

ESCREVER É DEBATE E EMBATE

Por José Jackson Coelho Sampaio (*)
É sempre árdua para mim a experiência de escrever. O texto científico sai com fluidez, incorporei uma fórmula de razoável elegância, mas como é árduo chegar aos resultados, à compreensão do problema, à escolha das ferramentas e dos caminhos da investigação, à composição dos resultados e seus diálogos com a literatura, à contextualização histórica, à clareza das conclusões, superação de teses, novas teses.

E na poesia? Tempos de esterilidade, longos tempos e, então, depois de acúmulo de ansiedade subir do estômago para os pulmões, surge um poema, quase inteiro, pouco trabalho depois. Também pode ser que emerja do asfalto quente e sujo do cotidiano a rara flor de um prazer, então sobe do coração para o cérebro uma alegria que se torna poema, grande ou pequeno, pouco trabalho depois. Porém, como é difícil nomear.
Para romance, nunca tive tempo, espaço, disciplina. O conto me atrai, mas é outro árduo e muito raro afazer. Tenho, no computador, uns 30 deles, como colheita de 50 anos de labor consciente. Angustia-me não conceber outro que não eu, pois sempre é minha história que, submetida ao fórceps de inúmeras contorções ilusionistas, aparece, comparece, reaparece. Quando outro surge, foi indevidamente apropriado. Também, como é difícil nomear.
Aí vem a crônica. Dominei a disciplina dos dois mil caracteres, com espaço. Temas não faltam: corrupção, terrorismo, preconceitos contra o estranho, o estrangeiro, o diferente. Poderia também concentrar-me no dicionário das iluminares de generosidade, compaixão, solidariedade, respeito, autonomia, equidade, amor, dialética do bom e do belo que pontuam o humano percurso. Mas a pletora de temas leva a resultado zero.
Neste abril da 12ª Bienal Internacional do Livro de Fortaleza, depois de mais de 50 meses escrevendo textos de opinião para O POVO, parece que escrevi uma crônica, com perdão de Moacyr Scliar e de Airton Monte. Eis aqui a confissão, a confusão, incerta impotência e a falta de inspiração como tema. E como é difícil nomear.
(*) Professor titular em saúde pública e reitor da Uece.
Publicado. In: O Povo, Opinião, de 25/4/17. p.10.

domingo, 28 de maio de 2017

COMUNISTA FELIZ


Fonte: Circulando por e-mail (internet). Fotomontagem sem autoria explícita.

sábado, 27 de maio de 2017

CONVITE: Celebração Eucarística da SMSL - Maio/2017

A Diretoria da SOCIEDADE MÉDICA SÃO LUCAS (SMSL) convida a todos para participarem da Celebração Eucarística do mês de MAIO/2017, que será realizada HOJE (27/05/2017), às 18h30min, na Igreja de N. Sra. das Graças, do Hospital Geral do Exército, situado na Av. Des. Moreira, 1.500 – Aldeota, Fortaleza-CE.
CONTAMOS COM A PRESENÇA DE TODOS!
MUITO OBRIGADO!

Marcelo Gurgel Carlos da Silva
Da Sociedade Médica São Lucas

A PÁTRIA SUBTRAÍDA DE CHICO


Chargista: Octavio Cariello / Daryan Dorneles?
Fonte: Circulando por e-mail (internet).

sexta-feira, 26 de maio de 2017

ICC LANÇA NÚCLEO DE INOVAÇÃO


O Instituto do Câncer do Ceará (ICC) lança hoje, a partir das 10 horas, o ICC BioLabs, um núcleo de inovação na área da saúde para educar e inspirar empreendedores e inventores a desenvolverem tecnologias e soluções avançadas para o mercado de saúde, tendo como foco a melhoria da qualidade de vida do ser humano. O espaço no quinto andar do ICC reunirá coworking, eventos, incubação, aceleração, escritório de projetos, prototipação de hardware, testes clínicos, validação de produtos hospitalares, laboratórios multiusuários, eventos de educação e empreendedorismo, entre outros serviços para startups. O programa tem gestão da Táquion Inovação e da WaveAccelerator.
No lançamento hoje haverá o talk showEmpreendedorismo e Inovação em Health” com Marcela Drummond, CEO da startup Myleus Biotecnologia, e Ricardo Sabadia, superintendente do IEL – CE. Aberto ao público, será dia para o ICC BioLabs Day, com painéis sobre Health Care e Investimentos.
Durante todo o fim de semana, será realizado o Startup Weekend Health Fortaleza, primeiro evento do Nordeste voltado para inovações na área da saúde. Segundo o superintendente geral do ICC, Pedro Meneleu, “o programa fomentará o desenvolvimento humano e irá proporcionar a formação de um novo perfil de profissional com novas competências”.
Fonte: O Povo, de 26/05/2017, Economia. p.28.

IMPASSE


Por Luiz Gonzaga Fonseca Mota (*)
Nosso objetivo é refletir sobre algumas questões que preocupam a opinião pública mundial em nossos dias. A ganância de determinados países motiva uma desconfiança que prejudica o entendimento, gerando desequilíbrios políticos, econômicos, sociais e culturais. Nessa linha de raciocínio, surgem a exploração desordenada dos recursos naturais não renováveis, a miséria crescente de pessoas, a corrida armamentista, a falta de solidariedade, a ausência de uma paz estável, dentre outros problemas. Vivemos dias de expectativas, para não dizer de intranquilidade e angústia, no contexto mundial. Em todas as nações, da mais rica às mais pobres, existem problemas relacionados com a falta de humildade, justiça e paz. Acreditamos que a supremacia dos valores exteriores sobre os interiores é a grande responsável pelo atual desajuste universal. O radicalismo tem influenciado de forma negativa as alterações de comportamento e de organização social, em todos os países. Crises, desemprego, endividamento e violência decorrem de movimentos cruéis que não buscam soluções, mas modelos errôneos de desenvolvimento. Cremos que o caminho para combater o impasse está na Democracia. Devemos ressaltar que ela não deve significar apenas aperfeiçoamento dos mecanismos jurídicos e institucionais, mas também a melhoria dos padrões socioeconômicos do povo. A Democracia, proporcionando a liberdade, a justiça e a igualdade de oportunidades, representa a força básica para constituição de um Estado, bem como de uma sociedade apoiada em princípios éticos, morais e solidários.
(*) Economista. Professor aposentado da UFC. Ex-governador do Ceará.
Fonte: Diário do Nordeste, Ideias. 6/1/2017.

quinta-feira, 25 de maio de 2017

CONVITE: Lançamento do livro: Humor em Prosa e Verso

 

O Presidente da Assembleia Legislativa do Ceará, Dep. José Albuquerque, atendendo ao requerimento do Dep. Heitor Férrer, convida para a Solenidade de Lançamento do livro Humor em Prosa e Verso, do médico e escritor José Luciano Sidney Marques.
Data: 26 de maio de 2017 (sexta-feira), às 19h30min.
Local: Auditório João Frederico Ferreira Gomes, no edifício anexo da Assembleia Legislativa do Ceará.
Traje: Esporte fino.
 

Free Blog Counter
Poker Blog