quarta-feira, 23 de outubro de 2019

CONVITE: Lançamento de livro Nutrição Humana: autoavaliação e revisão (2ª edição) da Editora Atheneu na UECE



A Universidade Estadual do Ceará (Uece), como parte das atividades da XXIV Semana Universitária da Uece, convida para o lançamento do livro “NUTRIÇÃO HUMANA: autoavaliação e revisão (2ª edição)”, sob o selo editorial da da Editora Atheneu, sediada no Rio de Janeiro.
A obra, organizada pelos docentes Helena Alves de Carvalho Sampaio, da UECE, e Antônio Augusto Ferreira Carioca, da Unifor, conta com um conjunto notável de autores/colaboradores, reunindo nutricionistas de escol, atuantes principalmente no Ceará, que combinam experiência docente com a labuta em serviços, lastreados em subsistente formação técnico-científica, posto que todos eles dispõem de pós-graduação (com a clara dominância do diploma de doutorado) e mantêm vinculação à carreira acadêmica
A apresentação dessa publicação caberá ao Prof. Dr. Marcelo Gurgel Carlos da Silva.
Data: 23 de outubro de 2019 (quarta-feira), às 15h.
Local: Biblioteca Centra da UeceAv. Silas Munguba (Campus do Itaperi).

TEXTOS SOBRE A VIDA


Por Luiz Gonzaga Fonseca Mota (*)
Apresentamos, para a reflexão do leitor, três textos sobre a vida, mostrando atitudes e sentimentos da pessoa humana. Podemos dizer que dois são poemas prosaicos e o outro uma poesia. A - Paradoxos da vida: Dá mais pena uma pessoa poderosa e corrupta na cadeia, que um mendigo vivendo embaixo de um viaduto. É mais triste uma velha senhora milionária morando sozinha no Leblon, que uma viúva sem nenhum recurso, abandonada com filhos no sertão nordestino. A dor é maior ao tirar uma verruga do rico, que amputar, a frio, a perna de uma criança indígena. Revolta mais a lancha para lazer enguiçar no mar de Búzios, do que a jangadinha do pescador cearense virar pela força do vento. É mais grave não orientar no trânsito o homem do carro de luxo, que o trabalhador montado em sua velha bicicleta. É mais melancólico o velório de um cidadão importante, do que sepultar uma criança que morreu de fome. B - Por quê?: A vida é um belo dom, não se sabe a hora da partida, passa rápido como o som. Por que ambicionar o poder? Mais vale cumprir o dever. Por que cada vez mais buscar o dinheiro? Importante é ser um cidadão inteiro. Por que tanta vaidade? Nunca traz felicidade. Por que a inveja? Atitude que nada almeja. Por que a ausência da solidariedade? Comportamento que leva a deslealdade. Por que a humildade? Sentimento que demonstra bondade. Por que a harmonia? Para se alcançar a sabedoria. C- Jardim da vida: Quão lindas são; Rosas perfumadas. Paz na infância amada; Orquídeas da felicidade, Alegria da mocidade; Margaridas da pureza, Maturidade com beleza; Hortênsias do amor, Velhice sem dor. Enfim, a vida é uma flor. Encerramos estes pequenos textos com duas lindas citações: “Tudo vale a pena quando a alma não é pequena” (Fernando Pessoa) e “Quem não tem jardins por dentro, não planta jardins por fora e nem passeia por eles” (Rubem Alves).
(*) Economista. Professor aposentado da UFC. Ex-governador do Ceará.
Fonte: Diário do Nordeste, Ideias. 11/10/2019.

terça-feira, 22 de outubro de 2019

COM A SAÚDE NÃO SE BRINCA


Meraldo Zisman (*)
Médico-Psicoterapeuta
Quaisquer que sejam as deficiências do SUS, ele é uma conquista do povo brasileiro, que ousou sonhar com um sistema de saúde universal e igualitário, inspirado nas melhores práticas do planeta …
(Aconteceu hoje (10/04/18) em Brasília, o “1º Fórum Brasil – Agenda Saúde: a ousadia de propor um Novo Sistema de Saúde”, organizado pela Federação Brasileira de Planos de Saúde, com participação do Ministério da Saúde, de deputados e senadores).
A Constituição Brasileira (1998) reconhece/determina o direito de acesso de toda a população à saúde, por meio de um Sistema Único de Saúde (SUS). Naquele ano, mais de 70 milhões de pessoas passaram a ter direito a atendimento pelo Sistema Único de Saúde.
Vale lembrar que o país apresentou um grande aumento populacional nos últimos 50 anos, durante os quais foram acrescidos em seu território cerca de 130 milhões de pessoas. No curto intervalo de 1991 a 2005, nossa população teve um crescimento próximo a 38 milhões de indivíduos.
Em 2050, a população brasileira será de, aproximadamente, 260 milhões de pessoas, conforme estimativas feitas pelo IBGE, ou seja, um aumento populacional de quase 70 milhões de habitantes em relação aos 190.755.799 registrados no último censo, realizado em 2010. Além do mais, a faixa da população com mais de 60 anos aumenta constantemente, o que modifica muito a pirâmide demográfica e consequentemente as suas prioridades médicas e psicossociais.
Quaisquer que sejam as deficiências do SUS, ele é uma conquista do povo brasileiro, que ousou sonhar com um sistema de saúde universal e igualitário, inspirado nas melhores práticas do planeta.
São quase 2 milhões de profissionais da saúde a trabalhar na linha de frente do sistema SUS. Diariamente laboram para tornar o sonho possível, apesar dos óbices crônicos da capacidade de atender com maior presteza a população, cuja maioria sofre de doenças da pobreza.
Em seus 30 anos o SUS transformou a Saúde no Brasil.
Por meio do Programa Nacional de Imunização, garante à população acesso gratuito a todas as vacinas recomendadas pela Organização Mundial de Saúde (OMS). Mais de 90% dos transplantes e tratamentos de alta complexidade são realizados pela rede pública. Oferece, ademais de assistência integral para pacientes com HIV/AIDS, tratamento para as patologias renais crônicas e doenças raras; providencia também a aquisição de medicamentos dispendiosos no exterior.
Bom será frisar que uma das razões do subfinanciamento do SUS é o excesso de benefícios fiscais que os “Planos de Saúde” recebem do Estado Brasileiro. Essa crise de subfinanciamento do SUS tende a se agravar com a Emenda Constitucional de número 95 que congela investimentos em saúde, educação e assistência social pelos próximos 20 anos.
Apesar de tudo isso, a Federação Brasileira de Planos de Saúde (Febraplan) propôs, nesta terça-feira (10/4), a criação de um sistema de saúde substitutivo ao SUS, fazendo com que os recursos públicos jorrem ainda mais para as empresas privadas. A proposta prejudica os brasileiros mais vulneráveis, criando barreiras ao Direito Constitucional à Saúde, além de sobrecarregar os custos do Sistema Único de Saúde, pendurando nele os tratamentos de maior complexidade.
Somos a favor do liberalismo, mas a doença e seu tratamento não podem ser abordados como mercadorias comuns. Esquecem que a primeira preocupação do povo é com a violência, sendo a saúde a segunda mais votada. Nesse contexto, mais do que a defesa dos direitos dos indivíduos, a questão que se impõe é que modelo republicano queremos ter no Brasil?
Acautelo como médico graduado há 60 anos:
— Com a saúde não se brinca. 
(*) Professor Titular da Pediatria da Universidade de Pernambuco. Psicoterapeuta. Membro da Sobrames/PE, da União Brasileira de Escritores (UBE) e da Academia Brasileira de Escritores Médicos (ABRAMES). Consultante Honorário da Universidade de Oxford (Grã-Bretanha).

domingo, 20 de outubro de 2019

4. PIADAS ADULTAS III


O garotinho pergunta para a mãe:
- Mamãe, todas as noites eu acordo com barulho vindo do quarto de vocês. Aí eu olhei pela fechadura da porta e vi você pulando em cima do papai. Por quê?
- Sabe o que é, filho... – ela responde sem graça - Eu estava pulando em cima do seu pai porque ele está ficando barrigudo e eu quero que ele fique magro novamente...
- Ah é? – diz o menino – Mas isso não está funcionando...
- Por que? – pergunta a mãe espantada.
- Bem, porque depois ele vai no quarto da babá e faz os mesmos barulhos. Se você esvazia a barriga dele, ela enche!
--------------
Um velhinho de 85 anos precisa fazer um exame de contagem e esperma. No consultório, o médico dá a ele um potinho e pede que ele volte amanhã com uma amostra de esperma.
No dia seguinte, o velhinho voltou ao consultório, mas o pote estava limpo e vazio, como no ia anterior. O médico perguntou o que aconteceu e o velhinho explicou:
- Bem, doutor, primeiro, eu tentei com a mão direita, e nada. Depois, tentei com a mão esquerda, e nada ainda. Daí eu pedi ajuda à minha mulher, que tentou com a boca – primeiro com os dentes, e depois, sem eles, e nada. Nós chegamos a chamar Marilda, a nossa vizinha de porta, e ela também tentou. Primeiro, com as duas mãos, depois, com o sovaco e, por último, até mesmo espremendo entre os joelhos, e nada.
O médico, chocado:
- Vocês pediram à vizinha?
- Pedimos, mas não adiantou. Nenhum de nós conseguiu abrir o potinho...
--------------
Primeiro, você olha o tamanho, depois a espessura.
Em seguida, precisa tocar para sentir como é... Somente depois você deve sentar em cima para ver se o movimento de subir e descer é suave.
Viu só como é fácil escolher um novo colchão confortável? Agora peça perdão aos céus por ter pensado besteira...
--------------
Um senhor de setenta anos pega o casaco e se prepara para sair de casa. A mulher dele, então, pergunta:
- Onde você vai?
- Vou ao médico, querida.
- Você está doente e não me disse nada?
- Não, vou ver se ele me receita um Viagra.
A mulher se levanta do sofá, pega o casaco e diz:
- Então vou sair também.
- E onde é que você vai? – pergunta o marido.
- Também vou ao médico. Já que você vai começar a usar uma coisa enferrujada, acho melhor ir tomar vacina contra tétano.
Fonte: Disponível na home page “Tudoporemail”.

4. PIADAS ADULTAS II


A velhinha entra num sex shop, com a voz trêmula, e pergunta ao vendedor:
– Voocêê teeem viiibrrradddooorrrreess?
– Temos sim, senhora! De vários modelos…
– Teeeemmmm daaaaquueeeeleeesss immmpooortaaadooosss, de ciiinncoooo veloooociiiidaaaddeeess?
– Temos sim, senhora!
– Ennntããão, meeee mooostrrraa cooomooo é quuueee eu faaaçooo paraaa dessliiiigaaar essstaaa porcaaariaaaaa.
--------------
Três amigos estão no meio de uma pescaria:
– Esta pescaria vai me custar caro – comentou o primeiro. – Tive que prometer a minha mulher que iria almoçar com a mãe dela neste final de semana! 
– Pois para mim, vai custar mais caro ainda – comentou o segundo. – Tive que prometer a minha mulher lavar a louça do jantar durante uma semana!
– Para mim saiu de graça – emendou o terceiro. – Assim que acordei, eu disse a minha mulher:
– Hoje eu acordei com vontade de passar o dia inteiro fazendo amor ou pescando, o que você prefere, meu bem?
--------------
Um velhinho caminhava pelo centro da cidade e passou em frente um bordel. Uma moça bem bonita estava na porta e o chamou:
– E aí, vovô, vamos brincar um pouquinho?
O velhinho respondeu desolado:
– Já não consigo mais, minha filha!
Ela insiste mais de uma vez, e ele acaba cedendo. Dentro de uma hora, o velhinho conseguiu fazer 3x.
Surpresa, a mulher diz a ele:
– E o senhor disse que não podia mais!
E o velhinho explicou:
– Isso eu consigo, eu não consigo mais é pagar! A aposentadoria não me permite...
Fonte: Disponível na home page “Tudoporemail”.



4. PIADAS ADULTAS I


Um casal estava limpando o jardim e o quintal, dividindo suas atividades. Até que o marido resolveu fazer uma brincadeira. Enquanto ele limpava a churrasqueira, disse à esposa: “Uau, querida, agora que eu vi que o seu traseiro é tão grande quanto a churrasqueira. A esposa ignorou a brincadeira.
Um pouco mais tarde, enquanto o marido arrumava a garagem, ele pegou uma fita métrica e foi até a esposa, que cuidava das plantas do jardim. Ele mediu a parte de trás da esposa e mais uma vez fez a brincadeira: “Querida, seu traseiro é até MAIOR que a churrasqueira”. Ela não achou graça e ignorou mais uma vez.
À noite, quando os dois estavam na cama já prontos para dormir, o marido estava disposto a fazer amor. Ele começou a abraçá-la e beijá-la, quando a esposa de imediato disse:
“Se você está pensando que eu vou "acender a churrasqueira", está muito enganado!”
--------------
Dois velhinhos decidem ir a um bordel. Ao chegar, a dona olha para eles, chama a funcionária da casa e diz:
- Reserve o quarto número 5 e 6 e coloque uma boneca inflável em cada cama. Esses dois estão tão velhos que não vão notar a diferença. Não vou perder tempo e dinheiro com esses eles.”
No caminho de volta para casa, um dos velhinhos diz:
- Acho que a mulher que me acompanhou estava morta...
- Morta? – diz o amigo – Por que você acha isso?
- Ela não se movia enquanto fazíamos amor, nem mexia a boca e os olhos...
- Pois poderia ter sido pior - disse o outro - eu acho que a minha companheira era uma bruxa!
Uma bruxa? Por quê? - espantou-se o velhinho amigo.
- Bem... o que aconteceu é que enquanto estávamos nas preliminares, eu dei uma mordida no traseiro dela, e ela começou a soltar um gás, saiu voando pela janela e ainda levou a minha dentadura!”
--------------
Uma diarista pede um aumento para a sua patroa, que fica muito irritada e quer conversar sobre isso. 
Ela pergunta: "Ana, por que você acha que merece um aumento?"
Ana: "Bom, há três razões pelas quais eu quero um aumento. A primeira é que eu passo roupa melhor que a senhora."
Patroa: “Quem disse que você passa roupa melhor que eu?”
Ana: “O seu marido disse.”
Patroa: “Ah, é?”
Ana: “A segunda é que eu cozinho melhor que a senhora.”
Patroa: “Isso é mentira! Quem disse que você cozinha melhor que eu?”
Ana: “O seu marido disse.”
A patroa foi ficando mais irritada: “Ah, é mesmo? Ele disse isso?!”
Ana: “A terceira razão é que eu sou melhor de cama que a senhora.”
E a patroa, agora furiosa, pergunta: "E foi o meu marido que disse isso também?!”
Ana: “Não, senhora... Foi o jardineiro!”
(Passa um momento de silêncio...)
"Então, quanto você quer?”
Fonte: Disponível na home page “Tudoporemail”.

sábado, 19 de outubro de 2019

3. PIADAS DE CASAL II


Um jovem casal em lua de mel estava hospedado em um hotel com uma grande piscina.
Eles decidiram dar um mergulho, e a noiva vestiu um novo biquíni que havia comprado recentemente. Enquanto ela nadava, ela percebeu que o biquíni era muito grande, e a parte de cima e debaixo continuavam saindo.
Como eles eram os únicos na piscina, ela e seu marido davam risada enquanto iam pegar o biquíni no fundo da piscina.
Naquela mesma noite, eles se vestiram para jantar e dirigiram-se ao elegante restaurante do hotel, onde estavam sentados ao lado de um enorme aquário.
Curiosamente, o aquário estava desprovido de qualquer vida marinha.
Quando a noiva perguntou ao garçom por que o aquário não tinha peixe, ele sorriu amplamente e disse: "Isso não é um aquário ... essa é a piscina!"
--------------
Um homem e uma mulher, que nunca se viram na vida, encontraram-se no vagão de um daqueles trens chiques da Europa que têm leitos. Após o embaraço inicial, ambos acabam dormindo. O homem no beliche superior e a mulher na parte inferior.
No meio da noite, o homem se inclina, acorda a mulher e diz: "Sinto muito incomodá-la, mas estou com muito frio e eu queria saber se você poderia me passar aquele outro cobertor ali?"
A mulher se inclina e, com um brilho no olhar, diz: "Eu tenho uma ideia melhor! Só por hoje, vamos fingir que somos casados!"
"ESTÁ BEM!" PERFEITO!", o homem responde entusiasmado.
"ÓTIMO... levanta seu traseiro daí e pega seu maldito cobertor você mesmo!", veio a resposta.
--------------
Ela: Amor, se eu morresse, você casaria outra vez?
Ele: Claro que não!
Ela: Por que não? Não gosta da vida de casado?
Ele: Claro que gosto, querida!
Ela: Então por que não casaria de novo?
Ele: Está bem, casaria...
Ela: Casaria? – com um olhar magoado
Ele: Casaria. Só porque nosso casamento é uma ótima experiência.
Ela: E dormiria com ela na nossa cama?
Ele: Onde mais nós poderíamos dormir?
Ela: E substituiria as minhas fotografias por fotografias dela?
Ele: É natural que sim...
Ela: E ela usaria o meu carro?
Ele: Ah, isso não. Ela não dirige...
Ela: ???? (fica um silêncio)
Ele: Ops, me lasquei!
--------------
A esposa chega para o marido e diz:
- Querido! Temos que avisar ao nosso filho para não se casar com aquela bruxa.
O marido calmamente responde:
- Não vou falar nada! Na minha vez ninguém me avisou.
--------------
Mulher pergunta para o marido:
– Meu bem, o que você faria se soubesse que o mundo acabaria daqui a dez minutos?
– Eu faria amor com você, querida!
– E nos outros nove minutos e meio?
Fonte: Disponível na home page “Tudoporemail”.

3. PIADAS DE CASAL I


Um dia, um casal de jovens amantes estava falando no telefone à meia-noite, um declarando seu amor ao outro.
Ele: ''Porque por você eu sou capaz de qualquer coisa. Eu atravessaria o oceano nadando! Eu escalaria a montanha mais alta do mundo para encontrá-la e gritaria aos quatro ventos o meu amor por você''.
Ela: ''Ohh, meu amor! Você é muito doce... Estou muito feliz de tê-lo encontrado na minha vida! O que mais você seria capaz de fazer por mim?''
Ele: ''Eu seria capaz de enfrentar qualquer obstáculo que pudesse nos separar... Te lembraria todas as manhãs o quanto você é linda e como tenho sorte de ser seu namorado. Eu também seria capaz de protegê-la de todos os perigos que possam prejudicá-la. Eu te levaria à Lua se fosse possível!''
Ela: ''Amor! Eu te amo tanto... Quero muito te ver! Você poderia vir à minha casa hoje?''
Ele: ''Hum... Está chovendo, melhor amanhã...''
--------------
Uma mulher está se admirando nua no espelho do quarto. Ela não está feliz com o que vê e diz ao marido:
"Eu me sinto horrível, estou velha, gorda e feia! Eu realmente preciso que você me faça um elogio."
O marido responde: "A sua visão está realmente muito boa, meu amor!".
--------------
Tentei convencer a minha esposa a comprar 5 cervejas por R$20,00. Em vez disso, ela comprou um pote de creme antirrugas para o rosto por R$10,00.
Eu disse a ela: ''Amor, a cerveja vai lhe fazer parecer bem melhor à noite do que o creme antirrugas''.
--------------
Eu levei minha esposa a um restaurante. O garçom, por algum motivo, anotou o meu pedido primeiro.
"Eu vou querer o bife com vegetais, no ponto, por favor."
E o garçom perguntou: "Você não está preocupado com a vaca louca?"
E eu respondi: "Que nada, ela pode comer o que quiser!"
--------------
Quando cheguei em casa ontem à noite, minha esposa exigiu que eu a levasse em algum lugar caro.
Então, eu a levei para um posto de gasolina! E foi assim que a briga começou.
Fonte: Disponível na home page “Tudoporemail”.

sexta-feira, 18 de outubro de 2019

AOS VIVOS: "Assina o nome porque tem queda pra desenho...


Assina o nome porque tem queda pra desenho...

O amigo Paulo Marcelo ("o bigode que ensina") avisa que o dr. Tabosa finalmente aceitara disputar o pleito, concorrendo à vaga de vereador. Atendia pedido do amigo Zé de Baxim, que resolveu pendurar as chuteiras, famoso que era por haver concorrido a 20 eleições - vereador, síndico, coveiro, carregador de santo em procissão e até inspetor de quarteirão em tempo de chuva com pouco cururu nas ruas. E jamais haver experimentado o sabor de uma vitória.
Mas, Tabosa topou o desafio. Sobretudo porque (iludido à moda porco em chiqueiro) aproveitaria o fiel e espumante curral eleitoral do Baxim. Curral? Bem, o "grupo de eleitores sob a influência" de Zé, segundo soubemos, nunca passara de um único voto. Em tempo algum descobriu-se o besta que o fizera, porquanto Zé ficava melado no dia das eleições, deixando de escrutinar o próprio nome.
Tabosa cai em campo, sempre acompanhado do mentor. Promete nova forma de fazer política. Nada de empregar parentes, "exceção feita a cunhadas naturalmente incorporadas à família". Não compraria votos com dentaduras, óculos, chinelas ou tijolos. "Compra com dinheiro, se tiver... na ruma!", completava Zé de Baxim, de si para consigo.
Toma gosto enquanto faz campanha. Certo dia, à caça de votos, passa em frente à casa de dona Assunta e logo ela lhe pede "um óculo", alegando não enxergar há mais de 10 anos. O "canidato" esclarece não poder atender à solicitação, era ilegal, não compunha o modo de fazer a nova política. Mas, Zé de Baxim dá-lhe um toque, sussurrando: "Homi, nessa casa deve ter uns 18 eleitores, juntando filhos, 'cacaranetos', netos e sobrinhos da véa". Tabosa tenta consertar:
- Pensando melhor, dona...
Ligeiro, de olho nos "picinês" do doutor, Assunta dá uma de pidona:
- Deixa eu experimentar esse seu aí, vai que...
Ele se esquiva, explica que não, que era preciso primeiramente fazer os exames para a escolha correta das lentes.
Baixim volta a lembrar, empurrando o braço no braço de Tabosa:
- Homi, a mulher tem voto! É no "rôdo"!
Tabosa permite que Assunta experimente os seus. Pense numa mulher contente.
- Estou inxergando é tudo! Inté pensamento!
Complementou, com sustança:
- E tu, Zé de Baxim!?! Como tu tá grande, macho!!!
Adeus óculos! Restou aos dois se despedirem da futura provável eleitora. O candidato, contudo, cismou. Achou estranho aquele "crescimento" do Baxim, de acordo com Assunta. Convidados insistentemente a ficar, tornaram a se abancar. Agora vendo tudo, a dona da casa oferece:
- Quer uma maçã, Dr. Tabosa?
A fruta era uma ciriguela. Aí ele ficou mais preocupado. Decide, de vez, ir-se embora, alegando compromissos. Mas, não conseguiu fugiu à maternal convocação:
- Esperem, vou com vocês à feira comprar o que preciso prum almoço caprichado, em agradecimento pelo "óculo".
Baixim pisca para Dr. Tabosa, em sinal de positividade. Os demandam o mercado. Proseiam. Chegam. O candidato até achou bom, pois encontrou alguém vendendo semente de gergelim - ele come gergelim pilado e torrado pra limpar as tripas. A mulher se antecipa e, mirando o conteúdo do saco, fala admiradíssima:
- Muito obrigado pelos óculos, Dr. Tabosa! Meu Deus!
Coloca as sementes de gergelim na mão, analisa e dispara:
- Fazia muito tempo que eu não vejo uma fava tão bonita assim!
E arremata, feliz da vida:
- Vou levar só mêi quilo para fazer o almoço de vocês!
Fonte: O POVO, de 30/11/2018. Coluna “Aos Vivos”, de Tarcísio Matos. p.2.

quinta-feira, 17 de outubro de 2019

ESPERANÇA


Meraldo Zisman (*)
Médico-Psicoterapeuta
Nestes tempos tão conturbados o brasileiro da classe média urbana, como eu, vive com medo e desesperança. Costumamos dividir o tempo em três partes: passado, presente e futuro. Segundo Santo Agostinho, só temos a capacidade de perceber e avaliar o tempo no momento em que ele decorre; e afirma que nem o passado nem o futuro existem, mas apenas: — o presente do passado, — o presente do presente e — o presente do futuro. E finaliza: O presente do passado é a memória; o presente do presente é a intuição direta; o presente do futuro é a esperança.
Em síntese, quando muitos dos que estamos aqui e agora — no presente do presente — perdem a esperança, é como se estivéssemos a enfraquecer o presente do futuro e com ele a nossa esperança, que sentimos ameaçada.
Esse é um sentimento de fácil compreensão: a esperança seria a maior das forças humanas, se não existisse o desespero, uma forma de esperança negativa, quando já estamos tão mal que achamos não ser possível estarmos piores.
Neste presente do presente, como vamos exigir que o povo brasileiro tenha esperança no – presente do futuro? Mas basta de filosofia e queixumes. Estamos na época das estatísticas e algoritmos. Vamos aos números.
Pesquisa de opinião pública realizada pela FGV/DAPP (Fundação Getúlio Vargas) aponta que a insatisfação dos brasileiros no atual contexto se reflete numa falta de confiança generalizada no presidente (83%), nos políticos (78%) e nos partidos (78%), expressa em todas as regiões, faixas etárias e de renda (2016).
No entanto, ainda considerando o contexto atual, a grande maioria dos respondentes (83%) ainda tem esperança no futuro do Brasil.  Mas não devemos esquecer que a nossa vida é breve e não permite longas esperas. A esperança é um bom café da manhã e um péssimo jantar.
O calendário das Eleições Presidenciais de 2018 no Brasil foi aprovado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) no dia 10 de novembro de 2015. O primeiro turno acontece no dia 2 de outubro de 2018 e o segundo turno (se houver) será no dia 30 de outubro. Até agora temos 19 pré-candidatos, segundo a mídia. São todos políticos conhecidos.
Aqui no Brasil o candidato tem que ser filiado a um partido político. Dificilmente pode acontecer no Brasil o que sucedeu na França que elegeu Emmanuel Macron, 39, um desconhecido do público francês. Ele havia lançado um novo movimento político, o En Marche! (Em Marcha), afiançando que o partido não é um grupo de esquerda nem de direita.
Quatro meses depois, renunciou ao cargo de ministro da Economia e apregoou que concorreria à Presidência da França. Foi eleito e tem como um dos seus lemas como presidente da república francesa:
Quero ser uma página de esperança e de confiança renovada”.
Tenho a esperança que um dia algo semelhante venha a acontecer no Brasil.
(*) Professor Titular da Pediatria da Universidade de Pernambuco. Psicoterapeuta. Membro da Sobrames/PE, da União Brasileira de Escritores (UBE) e da Academia Brasileira de Escritores Médicos (ABRAMES). Consultante Honorário da Universidade de Oxford (Grã-Bretanha).

quarta-feira, 16 de outubro de 2019

PROTEÇÃO ANIMAL


Por Artur Bruno (*)
A alorização da fauna ganha corpo em todo o mundo. No Ceará, não é diferente. Além da necessidade de preservação de espécies silvestres, cerca de 60% das famílias possuem Pets. O governador Camilo Santana, sensível às questões ambientais, após criar a Secretaria do Meio Ambiente (Sema), implementou, também, a Coordenadoria Estadual de Proteção e Defesa dos Animais, que fará a gestão de políticas públicas relacionadas a este segmento.
Em decorrência, entre os dias 29/9 de 6/10, ocorrerá a 1ª Semana Estadual de Proteção Animal, promoção do governo do Estado, via Sema, com as bênçãos de São Francisco, padroeiro dos animais, celebrado em 4 de outubro.
O intuito é enfrentar problemas comuns em metrópoles, zonais rurais e áreas de proteção ambiental. Denúncias de maus tratos, abandono e reprodução sem controle de Pets; invasão de espécies antrópicas em unidades de conservação, comprometendo espécies nativas; captura, tráfico e ameaça de extinção de animais silvestres; necessidade de ampliação e regulamentação de espaços de convivência entre animais e seres humanos.
Há diversos desafios, como, por exemplo, integrar ações de proteção, defesa e bem-estar animal; implementar medidas de acordo com a Política Nacional do Meio Ambiente; promover programas de educação ambiental; realizar e divulgar levantamentos sobre a fauna; promover cooperação técnica entre órgãos públicos e instituições de pesquisa e ensino.
Vale destacar que, dia 2/10, será realizado o 1º Seminário Estadual de Proteção Animal, em parceria com a Comissão do Meio Ambiente e Desenvolvimento do Semiárido da Assembleia Legislativa, o qual pretende capacitar os gestores municipais. O evento, aberto ao público, terá apresentação dos casos de Fortaleza e Sobral e, logo após, mesa de debate com os órgãos envolvidos na Rede de Proteção Animal.
O objetivo é construir, coletivamente, a Política de Proteção Animal do Ceará, congregando as instituições de forma solidária. Nossa fauna precisa de carinho e compromisso para sobreviver.
(*) Secretário do Meio Ambiente e Sustentabilidade (SEMA) do Estado do Ceará. Sócio do Instituto do Ceará.
Fonte: Publicado In: O Povo, Opinião, de 27/9/19. p.20.

terça-feira, 15 de outubro de 2019

Aos 60 anos, um HUWC renovado e cheio de planos


Por José Luciano Bezerra Moreira (*)
Em novembro de 2013, a Universidade Federal do Ceará assinou contrato com a Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh), estatal que passou, com isso, a administrar o Hospital Universitário Walter Cantídio (HUWC) e a Maternidade-Escola Assis Chateaubriand (Meac). Nestes 60 anos de história, seis deles da nova gestão, o HUWC está funcionando a pleno vapor.
Com a chegada da Ebserh, foi possível a contratação, via concurso público, de 1.037 profissionais de diversas áreas do HUWC, que contribuíram para a abertura de serviços, como as Linhas de Cuidado em Obesidade e Diabetes, assim como a realização de procedimentos inéditos, a exemplo do primeiro implante coclear.
Só em 2018, o hospital universitário realizou cerca de 250 mil consultas, cinco mil cirurgias e quase um milhão de exames. Entre 2015 e 2018, a instituição recebeu em torno de R$ 21 milhões para a compra de equipamentos médico-hospitalares, mobiliário etc, o que permitiu reestruturar e modernizar serviços, como aconteceu com a endoscopia e a oftalmologia. Sobre serviços exclusivos, o HUWC é o único a realizar transplante de medula óssea (TMO) pelo SUS no Ceará.
A instituição também é considerada a maior sala de aula da UFC, com 2.300 residentes médicos e multiprofissionais formados não só no HUWC como na Meac. Além disso, o HUWC é um espaço para o desenvolvimento de dezenas de projetos de extensão e de pesquisa que colocam a UFC e o Ceará em destaque no Brasil e no mundo.
Entre os desafios para os próximos anos estão quatro grandes obras: no HUWC, a UTI de 40 leitos, os 45 leitos das enfermarias cirúrgicas e os oito leitos para o TMO; na Meac, a UTI neonatal. Estamos na fase final de planejamento para a retomada de todas. Esperamos concluí-las em três ou quatro anos. Com isso, teremos 180 novos leitos disponíveis à população.
Isso será possível graças à participação do Governo do Ceará, por meio da Secretaria da Saúde, na retomada dessas obras. Isso feito, a Ebserh fará a sua parte.
Mas, indiscutivelmente, esses ganhos de performance só se deram graças à abnegação e à competência dos profissionais que fazem o HUWC. O nosso muito obrigado! 
(*) Médico. Superintendente do Complexo Hospitalar da UFC/Ebserh. Professor da Faculdade de Medicina da UFC.
Fonte: Publicado In: O Povo, de 18/09/2019. Opinião. p.16.

segunda-feira, 14 de outubro de 2019

CONVITE: XXIV Semeando Cultura da Sobrames-CE


A Diretoria da Sociedade Brasileira de Médicos Escritores – Regional Ceará (Sobrames-CE) convida para o 24º SEMEANDO CULTURA, evento bimestral promovido pela Sobrames-CE, a realizar-se no dia 14/10/2019, às 19h30, no Espaço Cultural Dra. Nilza dos Reis Saraiva, na Av. Rui Barbosa, n° 1.880, Aldeota (Altos da Clínica São José Moscati).
O palestrante do evento será o marketólogo Sr. Josemar Argollo, sócio da Sobrames-CE e Diretor-Executivo do Jornal do Médico, que abordará o tema “Jornal do Médico® 15 anos de crescimento com excelência e credibilidade”.
Contamos com a nobre participação dos colegas, amigos e familiares neste aprazível momento cultural.
Dr. Arruda Bastos
Vice-Presidente da Sobrames-CE
Presidente do XXVIII Congresso da Sobrames 2020 - Fortaleza

domingo, 13 de outubro de 2019

2. PIADAS DE SOGRA II


O sujeito bate na porta de uma casa e pergunta para o morador:
– O senhor poderia contribuir com o Lar dos Idosos?
E o morador:
– Claro! Espere um pouco que vou buscar minha sogra!
--------------
A mulher procura um livro e não encontra. Ela pergunta ao marido:
– Querido, onde está aquele sobre como viver 100 anos?
– Joguei fora!
– Jogou fora? Por quê?
– É que sua mãe vem nos visitar amanhã e eu não quero que ela leia essas coisas!
--------------
Um homem encontra um amigo na rua e lhe diz:
– Cara, você é igualzinho a minha sogra, a única diferença é o bigode!
O amigo, surpreso:
– Mas eu não tenho bigode!
– Mas a minha sogra tem!
--------------
Em uma festa de fim de ano no trabalho, o marido ganhou um sorteio que lhe deu 3 passagens de ida e volta para Jerusalém. Ele liga para a esposa para arrumar as malas e acabou concordando em levar a sogra também.
Em Jerusalém, visitando o local onde Cristo morreu e ressuscitou, a sogra se emocionou tanto, que passou mal e rapidamente faleceu.
O marido procurou saber quanto custava o enterro em Jerusalém, e descobriu que lhe custaria mil reais. Perguntou quanto seria se mandasse o corpo para o Brasil e descobriu que, com transporte aéreo e todas as despesas, ficaria por vinte mil reais.
O marido, então, decide que deve mandar o corpo para o Brasil. Os responsáveis pela transação ficaram surpresos:
– Por que mandar para o Brasil, se é 20 vezes mais caro, senhor?
O marido respondeu:
– Faço isso porque tenho receio. Aqui em Jerusalém vocês já tiveram um caso de alguém que morreu e ressuscitou. Prefiro não arriscar!
--------------
Dois funcionários do Censo chegam em uma casa e perguntam:
- Seu nome?
- Adão.
- E da sua esposa?
- Eva.
- Incrível! Por acaso a cobra mora aqui também?
- Sim, um momento... Sograaaa, querem falar com você!
Fonte: Disponível na home page “Tudoporemail”.
 

Free Blog Counter
Poker Blog