sábado, 12 de junho de 2010

A FORMATURA DA TURMA DE 1947 DA FACULDADE DE DIREITO DO CEARÁ

É tradicional a feitura do quadro de formatura alusiva aos concludentes de muitos cursos superiores, sendo esta uma prática preservada, desde os primórdios da instalação da velha Salamanca do Ceará.
Desse Quadro de Formatura da Turma de 1947, da FACULDADE DE DIREITO DO CEARÁ, aqui reproduzido em fac simile, consta o nome dado à Turma, Dr. Sobral Pinto, na verdade uma justa honraria feita, então, ao combativo e brilhante jurista brasileiro, que seria consagrado como um arauto na defesa dos direitos humanos e paladino da democracia no Brasil. Inscrita no quadro, estava a citação em latim OPUS JUSTITIÆ PAX (A Paz é obra da Justiça), a servir de lema dessa turma.
Foram escolhidos, como Patrono, o Dr. Sobral Pinto, e como Paraninfo, o Dr. Álvaro Costa. Homenagem especial foi conferida aos Drs. Mateus Coutinho, Perboyre e Silva e Aderbal Freire. Havia também menção ao Diretor, Dr. Otávio Lobo, e ao Secretário, Dr. João Pinto, e uma homenagem póstuma ao Dr. Mozart Pinto.
A mesma oportunidade valeu para homenagear os Drs. Andrade Furtado, Vicente P. Pessoa, Omar Paiva, Ibiapina Siqueira, Magdaleno Girão e Martins Filho e o Inspetor de Alunos, Sr Luiz Pereira Souza.
Mário Cordeiro foi o orador da turma. Também foi prestada uma homenagem póstuma ao colega Pedro Pompeu Freitas, falecido antes do término do curso.
De acordo com o quadro citado, com os nomes reduzidos, os BACHARÉIS DE 1947 foram: Adamir Alencar (Ceará), Aldenor Freire (Pará), Alencar Monteiro (Ceará), Aluisio Barroso (Ceará), Amauri Fernandes (R.G.do Norte), Aristides Ribeiro (Ceará), Arruda Furtado (Ceará), Artur Benevides (Ceará), Dante Vieira (Ceará), Jefferson Quezado (Ceará), Ernesto Serra (Ceará), J. Josino da Costa (Ceará), Lourival Banhos (Ceará), Luiz C. da Silva (Ceará), M. Airton Silva (Ceará), Maria Alice Santos (Ceará), Mário Cordeiro (Ceará), Nerina Falcão (Ceará), Osmar Moura (Piauí), Rdo. Gomes Silva (Ceará), Rdo. Silva Cavalcante (Ceará), Wellington Godinho (Ceará).
Infere-se daí, que a turma possuía apenas três mulheres: Adamir Alencar, Maria Alice Santos e Nerina Falcão. Do grupo, apenas três concludentes não eram procedentes do Ceará.
Da turma Sobral Pinto, ao que consta, estavam vivos e comemoraram os sessenta anos de formatura, os Drs. Adamir Peixoto de Alencar, Artur Eduardo Benevides, Ernesto Aguiar Serra, Francisco de Assis Arruda Furtado, Manuel Airton da Silva, Maria Alice Barros dos Santos, Mário Barbosa Cordeiro, Nerina Rodrigues Falcão, Osmar de Freitas Moura, Raimundo Gomes da Silva e Raimundo Silva Cavalcante.
Marcelo Gurgel Carlos da Silva
* Publicado In: Jornal O Povo, Jornal do Leitor, de 12 de junho de 2010. p.3.

2 comentários:

marckson disse...

Marcelo, infelizmente a sua lista deve ser reduzida. Dra. Adamir Peixoto de Alencar faleceu no último dia 07/08/2010. Se você não sabia, ela foi casada com o também formando desta turma, Amauri Fernandes, falecido há mais tempo.
Abraço,
Marckson Jussian

Marcelo Gurgel disse...

Caro Markson Jussier,

Lamento saber do falecimentoda Dra. Adamir Peixoto de Alencar.
Conversei com ela em 2007, que teve a gentileza de enviar um comentário sobre o meu pai que foi inserido na capa do livro com oque a família o homenageou.
Atenciosamente,

Marcelo Gurgel

 

Free Blog Counter
Poker Blog