segunda-feira, 19 de março de 2012

A PÁTRIA SEM CHUTEIRAS

Por Ricardo Alcântara (*)
A declaração do secretário-geral da FIFA (“O Brasil precisa de um chute no traseiro para tocar as obras da copa”) foi recebida por gente de conduta duvidosa como uma ofensa à honra da nação. Ridículo.
O episódio ilustra bem uma frase do Millôr Fernandes: “O patriotismo é o último refúgio dos canalhas”. Enquanto isso, olha só aqui o tamanho da bolinha que a seleção está jogando: o.
(*) Jornalista e escritor. Publicado In: Pauta Livre.

Um comentário:

anamargarida disse...

A expressão francesa “Se donner un coup de pied aux fesses” tem outra conotação na França e não pode ser traduzida ao pé da letra. O secretário-geral da Fifa, Jèrôme Valcke, foi infeliz ao usá-la, mas não pode ser crucificado por isso. Ele queria dizer que o Brasil precisava de um empurrão para avançar nas obras para a Copa do Mundo de 2014.

 

Free Blog Counter
Poker Blog